Foto: Divulgação
12 de julho de 2019 | 20:30

“Não quero nenhuma polêmica com o senador Otto Alencar”, diz Lídice

bahia

Assim como Zé Neto (PT), a deputada federal baiana Lídice da Mata (PSB) também evitou, nesta sexta-feira (12), responder às críticas do senador Otto Alencar (PSD) que chamou de “incoerentes” os deputados baianos do PT, PCdoB e PSB por votarem contra o texto-base da reforma da previdência na Câmara dos Deputados. O motivo, segundo o senador, é que os deputados estaduais dos mesmos partidos votaram, no ano passado, a favor do projeto com mudanças na previdência enviado pelo governador Rui Costa (PT) à Assembleia Legislativa da Bahia. “Não quero nenhuma polêmica com o senador Otto Alencar, por quem quem tenho muito apreço. No entanto, há uma diferença entre os projetos votados em Brasília e na Bahia, explicou.

Aliada do governador Rui Costa (PT), a deputada destacou ainda que o seu voto contrário à reforma da previdência foi alinhado com a sua trajetória política e com a orientação do que os partidos do campo progressista pensam nacionalmente, “sem ferir os interesses do nosso Estado e do nosso povo”. Lídice reafirmou seu voto, pois, segundo ela, as mudanças propostas pelo governo federal incidirão sobre o regime-geral, diferentemente do que ocorre com os estados, que só podem alterar seus regimes previdenciários próprios. A parlamentar lembrou ainda que o projeto do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente Jair Bolsonaro (PSL) “é o mais danoso aos trabalhadores mais pobres, pois eles pagarão cerca de 80% da conta de R$ 1 trilhão que o governo federal pretende economizar”.

Comentários