12 de novembro de 2019 | 16:28

Justiça acolhe denúncia que envolve empresa de Joesley Batista e fundos de pensão

brasil

A 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília acolheu integralmente denúncia sobre fraudes em fundos de pensão nas quais empresas de Joesley Batista estavam envolvidas. Ao todo, 14 pessoas se tornaram réus por irregularidades no Petros e Funcef e, além de prisão, podem ter de ressarcir os fundos em quase R$ 5,3 bilhões em multas e danos.

Os ilícitos se referem ao suposto esquema articulado para os fundos aportarem capital no FIP Florestal. Posteriormente o FIP foi incorporado pela Eldorado S/A, pertencente aos empresários Joesley Batista e Mário Celso Lopes. De acordo com a força-tarefa Greenfield, foram pagos quase R$ 30 milhões só em propinas para financiar as manobras.

A denúncia foi fruto de informações obtidas a partir da colaboração premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista. Os réus responderão por gestão fraudulenta, corrupção e lavagem de dinheiro.

Estadão
Comentários