Foto: Fernanda Chagas/Política Livre
ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador 08 de novembro de 2019 | 20:38

Prefeito diz desconhecer vazamento de áudio de Lorena e avalia como positiva votação de vetos

salvador

O prefeito ACM Neto (DEM) afirmou, na noite desta sexta-feira (8), que desconhece o áudio da vereadora Lorena Brandão (PSC) que quase impediu a votação dos 18 vetos ao projeto que regulamenta o transporte por aplicativos em Salvador. Na mensagem encaminhada ao líder da categoria, Átila Santana, e vazada para imprensa, a parlamentar acusa os vereadores de terem feito um acordo para manter os vetos, atribui a informação ao líder governista Paulo Magalhães Jr. (PV) e incita um protesto na Câmara Municipal de Salvador.

“Que áudio? Eu não vi, não sei o conteúdo, não posso opinar. Eu estava esses dois últimos dias em São Paulo no lançamento do calendário de verão da cidade, fazendo uma rodada de conversas com investidores, procurando trazer ainda mais investimentos na área de turismo pra Salvador”, comentou surpreso ao Política Livre após inauguração da iluminação cênica da Igreja do Bonfim.

No entanto, o democrata disse que, apesar de estar ausente da cidade, acompanhou a votação e avaliou como positiva a manutenção dos vetos. “Eu já havia sinalizado anteriormente que nós daríamos um prazo maior para que a prefeitura passasse a fazer a fiscalização, que é o tempo que precisamos pra garantir as vistorias de todos automóveis de aplicativos na cidade”, ponderou Neto, ressaltando que o prazo poderá ser estendido, caso seja necessário. “Nós não vamos começar agir com força nem fazer coerção sem que a prefeitura esteja estruturada para essa fiscalização. Então é o bom senso que vai prevalecer”, completou.

Fernanda Chagas e Raiane Veríssimo
Comentários