Foto: Agência Câmara
Elmar pontuou ainda que a confirmação do seu nome será bom para ACM Neto e para a Bahia 02 de dezembro de 2019 | 15:49

Elmar admite que não se furtará se houver consenso em torno do seu nome para a sucessão de Maia

exclusivas

Com o nome ganhando cada vez mais força para substituir Rodrigo Maia (DEM) na presidência da Câmara Federal, o deputado Elmar Nascimento (DEM), líder do governo na Casa, admite que se houver consenso entre os partidos de centro e centro-direita, não se furtará. No entanto, ponderou que o debate ainda não está na pauta do Legislativo.

Conforme ele, toda essa especulação é fruto da relação pessoal que nutre com o próprio presidente [Rodrigo Maia], os líderes e com o grupo como um todo. “Mas se meu nome for escolhido é lógico que não me furtarei”, enfatizou, arrematando possuir uma relação de amizade com o presidente nacional do DEM, prefeito ACM Neto, que extrapola a vida pública.

“E a confirmação do meu nome será bom para ele, para a Bahia”, reforçou. Neto admitiu hoje que não pode descartar essa hipótese.

Elmar, porém não deixou de reiterar que ‘ainda tem muita água para rolar’. “E até lá que vença o que melhor aglutinar a favor do grupo, do país”, concluiu em conversa com a reportagem.

Informações chegadas com exclusividade ao Política Livre dão conta entretanto, que o processo de sucessão vem sendo coordenado pelo próprio Maia, cuja força chama atenção e se a escolha fosse pelo desejo pessoal dele, o martelo já teria sido batido em prol do líder do governo como representante do grupo na disputa. A eleição ocorre no início de fevereiro de 2021.

Fernanda Chagas
Comentários