Foto: Divulgação
Museu Casa Geyer 03 de dezembro de 2019 | 17:52

Museu Casa Geyer busca recursos para reforma de espaço cultural

brasil

A Casa Geyer, que já foi morada do casal Maria Cecília e Paulo Geyer, deve ser reaberta em 2022. Para que isso ocorra, no entanto, o governo busca recursos, via Lei Rouanet, para o projeto executivo de reforma e adaptação da casa onde viveu o casal, em uma unidade do Museu Imperial de Petrópolis na capital fluminense.

Segundo organizadores, a intenção é captar mais de R$ 1,2 milhão para a contratação da empresa que vai elaborar o projeto do novo museu. O imóvel, que está em um terreno de 14 mil m², no Cosme Velho, no Rio de Janeiro, abriga mais de cinco mil obras de arte. A avaliação é que os itens tenham valor estimado de R$ 500 milhões.

O acervo foi doado por Frank Geyer Abubakir, que, junto de sua mulher, Flávia Abubakir, criou a Associação Amigos da Casa Geyer para buscar formas de apoiar o Museu Imperial e tirar o projeto do papel. O empresário, além de doar o acervo, anunciou que, independente da Lei Rouanet, fará um primeiro aporte para que a população do Rio tenha acesso às obras de arte.

Comentários