Foto: Divulgação
A pré-candidatura foi confirmada por Manassés 04 de dezembro de 2019 | 16:19

PSD lança Manassés de olho em vice de Isidório

exclusivas

O PSD, partido com o maior número de prefeitos eleitos no estado, lançou nesta terça-feira (4), o ex-pastor Manassés para a disputa pela prefeitura de Salvador em 2020. Conforme informações chegadas ao Política Livre, essa seria uma estratégia visando a consolidação de uma chapa forte encabeçada pelo Pastor Sargento Isidório, cujas negociações já estariam avançadas, com Manassés, que também possui grande representatividade na capital e perfil de gestor, na vice.

O próprio presidente do partido na Bahia, senador Otto Alencar, já admite essa possibilidade ainda que nas entrelinhas.  Ele, apesar de confirmar que Manassés reúne todas as condições para representar o partido nas urnas,  além de não falar em martelo batido, reafirma que as conversas com Isidório continuam.

“Manassés é o  mais votado em Salvador, tem muita habilidade em gestão, na área social, do esporte, é empresário, uma pessoa muito decente, correta, de família, mas mesmo que na condição de pré-candidato continuamos conversando com  Isidório. Além dele, também temos o deputado Antonio Brito como pré-candidato e essa decisão só será tomada em março, ainda assim em consonância com o governador Rui Costa”, afirmou à reportagem.

O pastor pessedista, entretanto, mantém o discurso de candidato. “Venho anunciar que sou pré-candidato a Prefeitura do Munícipio de Salvador-BA, tanto quanto o meu ilustre colega, Deputado Federal Pastor Sargento Isidorio. Os 23.604 votos que obtive na capital soteropolitana me habilitam, bem como os diversos trabalhos sociais os quais desenvolvo na capital”, escreveu, em nota divulgada à imprensa.

Em conversa com o Política Livre, reforçando a tese de composição com Isidório, observou que o fato de ele ser gestor e trabalhar de forma profícua para a área social teria pesado para a tomada da decisão.

“A decisão foi tomada em consenso com o partido pelo meu perfil e após conversa com o senador Otto Alencar resolvemos lançar candidatura própria. E, se já vinha vinha trabalhando muito, agora alinhado com nosso grande líder [Otto], com o apoio do partido, a seriedade que o fez tão grande, a palavra de ordem é trabalhar muito mais”, frisou.

Fernanda Chagas
Comentários