Foto: Divulgação/Arquivo
Para Villas Boas, "está claro que a Nação já não tem um líder sentado no Planalto" 25 de março de 2020 | 09:16

Com receio de pedido de demissão de ministro, Fábio faz fala política e pede apoio a Mandetta

exclusivas

O secretário estadual de Saúde, Fábio Villas Boas, usou sua conta no Twitter ontem para comentar o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e alertar para o risco de, depois dela, o gabinete inteiro do Ministério da Saúde pedir demissão.

“Está claro que a Nação já não tem um líder sentado no Planalto”, disse ele em sua primeira fala política na rede social, que tem utilizado para manter a todos informados sobre a evolução dos números do coronavírus na Bahia. Num outro post, Villas Boas reforçou que a saúde pública brasileira sofreu um ataque sem precedentes.

E pediu apoio ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Em meio à grave situação epidemiológica que vivemos, devemos apoiar o ministro da Saúde e seus secretários que mostram sensatez e se conduzem com tecnicidade”, afirmou o secretário do governador Rui Costa (PT).

Comentários