Foto: Divulgação
Leo Prates destacou ainda que o município já solicitou ao governo federal a reposição das vacinas para garantir a proteção da população soteropolitana 26 de março de 2020 | 14:50

Prefeitura reorganiza pontos de vacinação diante do baixo estoque de vacinas

salvador

Devido à grande procura pela vacina contra a influenza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) implementará novas estratégias de imunização na capital baiana. A mudança vale, a princípio, apenas para esta sexta-feira (27), já que a Prefeitura aguarda a chegada de vacinas do Ministério da Saúde. Doses previstas para terminar em 15 dias foram consumidas em três, demonstrando o sucesso da campanha.

Para otimizar a aplicação das doses e garantir o uso racional do imunobiológico, a vacinação ocorrerá apenas em dois postos de referência por Distrito Sanitária (24), além de duas unidades com sistema de drive-thru: no Centro de Saúde Clementino Fraga (5º centro) e no Centro de Convenções, das 8h às 13h.

De acordo com o titular da pasta, Leo Prates, a implantação do sistema drive-thru, com vacinação de idosos no próprio carro, foi de suma importância para o sucesso da campanha e garantir a boa adesão à mobilização, evitando ainda aglomeração de pessoas. Em apenas três dias, mais de 114 mil idosos e trabalhados da saúde foram imunizados contra influenza em Salvador.

“Vacinamos em três dias o que estava previsto para pelo menos 15 dias de campanha. Conseguimos atingir um número recorde de indivíduos protegidos logo no início da campanha”, comemorou o secretário.

Leo Prates destacou ainda que o município já solicitou ao governo federal a reposição das vacinas para garantir a proteção da população soteropolitana. “Já formalizamos junto ao Ministério da Saúde o pedido de uma nova remessa de vacinas para reforçar o estoque em Salvador. Com esse aporte de aproximadamente 80 mil novas doses, que devem chegar já na segunda-feira (30), retomamos a rotina normal da vacinação”, explicou.

Etapas – Nessa primeira etapa da campanha, que vai até 17 de abril, estão sendo contemplados idosos (acima de 60 anos) e trabalhadores de saúde como enfermeiros, higienizadores, condutores de ambulância e demais profissionais que atuam diretamente no setor.

Calendário – A vacinação para os maiores de 60 anos ocorrerá de acordo com o seguinte calendário. Até esta sexta-feira (27), serão imunizados idosos nascidos em janeiro, fevereiro e março. De segunda-feira (30) até o próximo dia 3, é a vez dos nascidos em abril, maio e junho. Dos dias 6 a 10 de abril, o imunobiológico será aplicado aos nascidos em julho, agosto e setembro. Por fim, a vacinação para os nascidos em outubro, novembro e dezembro acontece nos dias 13 a 17 de abril.

Dia D – A campanha de vacinação contra a influenza seguirá até dia 22 de maio, sendo 9 de maio o dia “D” de mobilização nacional. A vacina estará disponível em três fases para os grupos prioritários. Depois dos idosos (a partir de 60 anos) e trabalhadores de saúde, serão imunizadas as puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), jovens de 12 a 21 anos de sob medidas socioeducativas e professores, além de portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. A meta é vacinar quase 900 mil pessoas em Salvador.

Comentários