Foto: Divulgação
Guilherme Boulos (PSOL) e o deputado estadual Jacó (PT) e 22 de maio de 2020 | 14:35

Covid-19: “Muita gente não faz o isolamento porque precisa comprar o jantar pra botar na mesa”, afirma Guilherme Boulos

bahia

Em uma live com o deputado estadual Jacó (PT) nesta quinta-feira (21), o ex-presidenciável e líder do Movimento dos Sem Teto de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “é tão inconsequente, tem tanta falta de empatia com a vida das pessoas, que alguns governadores e prefeitos com uma cabeça atrasada como a dele resolveram romper com ele”.

Boulos se referiu aos governadores do Rio e de São Paulo, Wilson Witzel e João Doria, e ao prefeito de Salvador, ACM Neto, elogiou suas posturas no combate à pandemia do coronavírus, mas disse que não basta falar em isolamento social sem dar condições para as populações vulneráveis.

“Muita gente em SP e outras partes do Brasil não faz o isolamento social porque precisa comprar o jantar pra botar na mesa. Sem política para garantir renda e auxílio emergencial, as pessoas vão pra rua”.

Durante o papo “Sebo nas Canelas” com o vice-líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa da Bahia, Boulos também disse que o primeiro passo para o impeachment do presidente Jair Bolsonaro foi dado nesta quinta-feira. Ele participou, em Brasília, do ato coletivo que protocolou o pedido em nome de sete partidos e 400 movimentos e entidades sociais. Agora é esperar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acatá-lo e abrir o processo.

Boulos listou os crimes de responsabilidade pelos quais Jair Bolsonaro pode responder e ser afastado do cargo de presidente, e que vão desde obstrução de Justiça, descumprimento das normas sanitárias, e atentado contra a Constituição de 1988 e a democracia.

“Bolsonaro é o maior aliado do vírus, coloca em risco a vida dos brasileiros, não é só uma questão política. A todo momento tenta sufocar quem pensa diferente, fala em fechar o STF, faz apologia à ditadura. Não faltam crimes de responsabilidade”, exemplificou.

Comentários