Foto: Divulgação
Márcio Adriano Anselmo 23 de maio de 2020 | 08:03

Delegado que iniciou Lava Jato deixa chefia da área de corrupção da PF

brasil

O delegado Márcio Adriano Anselmo, um dos responsáveis pelas investigações que deram início à Lava Jato, vai deixar o posto de coordenador-geral de Repressão à Corrupção e Lavagem de Dinheiro da Polícia Federal. Ele vai fazer um curso nos Estados Unidos.

Anselmo será substituído pelo delegado Thiago Delabary, atual chefe da Inteligência do Rio Grande do Sul. O policial fez parte do grupo que investigava desvios de recursos públicos com envolvimento de políticos no exercício do mandato. Ele fez, por exemplo, a delação premiada do ex-ministro Antônio Palocci.

Painel/Folha de S.Paulo
Comentários