Foto: Sérgio Castro/Estadão/Arquivo
A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) 22 de maio de 2020 | 21:15

Políticos avaliam que divulgação de vídeo é positiva para Bolsonaro

brasil

Nos bastidores do meio político, a avaliação é que Jair Bolsonaro mais ganhou do que perdeu com a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril.

O material foi trazido à tona após acusações feitas por Sergio Moro. O ex-ministro apontou o encontro como prova do seu relato, de interferência do presidente na Polícia Federal.

A íntegra, no entanto, mostra um Bolsonaro que xinga os contumazes adversários, como João Doria (PSDB-SP) e Wilson Witzel (PSC-RJ), e fala do desespero das pessoas sem renda durante o isolamento.

Para líderes do centrão, o vídeo não comprova as acusações de Moro e que, portanto, terá pouca repercussão no Congresso.

Alguns deles falam que o presidente deveria guardar parte das declarações que deu no episódio para um programa eleitoral.

A ex-aliada, que já chegou a defender a renúncia de Bolsonaro, Janaína Paschoal (PSL-SP), debochou no Twitter.

“Eu não sei se eu estou vendo a fita que vinha sendo anunciada. Realmente não sei. A fita que eu estou vendo reelege o presidente”.

Folhapress
Comentários