Foto: Reprodução/Facebook
Líder do PT na Câmara de Salvador, vereadora Marta Rodrigues 22 de maio de 2020 | 15:19

Projeto de Marta propõe criação de delegacia online para registros de violência doméstica contra mulheres

salvador

A líder do PT na Câmara de Salvador, vereadora Marta Rodrigues, apresentou um projeto de indicação ao governo do Estado para que seja criada uma Delegacia Online para os registros de ocorrências voltados para as mulheres vítimas de violência doméstica durante a pandemia do novo coronavírus.

Diante de um grave aumento de casos de violência contra mulheres em suas casas por conta do isolamento social, necessário para conter a disseminação da Covid 19, o projeto da veredora, que propõe um sistema digital, tem o objetivo de facilitar as denúncias das vítimaspodem encontrar dificuldades em realizar o registro, que atualmente, só pode ser feito presencialmente nas Delegacias de Atendimento à Mulher (DEAMs).

Segundo dados do Disque 180 e do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, houve um aumento de quase 54% no número de denúncias na Bahia entre março até 19 de abril: foram 95 denúncias de violência dopméstica no estado no mês de março contra 146 até 19 de abril.

“Precisamos dar assistência às mulheres vítimas da violência doméstica. Elas estão isoladas, em suas casas, ao lado de seus algozes e agressores. Esse aumento se deve porque a maioria das agressões ocorre dentro de casa, provocada em 90% por uma pessoa próxima da vítima, e 36% pelos parceiros, conforme dados do Instituto Igarapé”, declarou a edil.

Na indicação, Marta aponta que a ONU Mulheres recomendou uma série de medidas específicas nas ações contra o coronavírus e questões de gênero, tendo em vista que o risco de violência tende a aumentar quando famílias em contextos de violência familiar são colocadas sob tensão, auto-isolamento e quarentena.

“Além disso o enclausuramento intensificou um problema que sempre foi grave: o da subnotificação das ocorrências. Por isso, se faz urgente a criação desse sistema”, pontuou.

Comentários