Foto: Divulgação
Na imagem, o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, do MDB 28 de julho de 2020 | 11:19

Feira de Santana amplia flexibilização do comércio com escalonamento de horários

interior

Começa a valer nesta terça-feira (28) um novo decreto municipal que autorizará o funcionamento do comércio em Feira de Santana com escalonamento de horários. A medida valerá até o dia 10 de agosto. Com segurança e ações sanitárias rigorosas para evitar a disseminação do coronavírus, estabelecimentos que integram o grupo A – como óticas, lojas de conveniência e artigos de eletrônico e informática – poderão abrir de segunda-feira a sexta-feira, mas no horário das 8 às 16 horas. Aos sábados, o funcionamento será das 8 às 12h.

Nos mesmos dias, poderão funcionar os empreendimentos do grupo B – como armarinho, barbeira e salão de beleza –, mas no período de 9h às 17 horas. Aos sábados, a abertura será das 8 às 12h. Não há alteração no decreto para as atividades do grupo C, D e E.

“Nós temos segurança nas internações hospitalares e leitos disponíveis. Durante todo o final de semana, o nosso hospital de campanha manteve o índice de 50% de taxa de ocupação. Com a oferta de leitos, nós entendemos que esse nível de segurança permanece e nos permite fazer um novo tipo de mudança, com escalonamento de horários e abertura de maior quantidade de estabelecimentos. Mas estamos permanentemente com a nossa fiscalização preventiva integrada e atuando nos bairros e nas ruas exigindo que se cumpra os decretos”, declarou.

Colbert ressaltou que pode adotar medidas duras novamente, caso seja necessário. “A capacidade que temos de ampliar é a mesma capacidade que temos de frear. O principal é ter segurança para a nossa vida”, frisou.

Comentários