Foto: Leitor/Política Livre
Empreendimento esteve envolvido nas polêmicas referentes à liberação de obras, que envolveram Geddel Vieira Lima 20 de novembro de 2020 | 17:05

Troca de tapumes cria expectativas de retomada de obras do La Vue, que derrubou Geddel

exclusivas

A troca dos tapumes que cobrem as obras inacabadas do Edifício La Vue, que derrubou o então ex-ministro Geddel Vieira Lima do governo Michel Temer (MDB), gerou grandes expectativas por parte dos moradores da Barra de que a construção seria retomada.

O empreendimento esteve envolvido nas polêmicas referentes à liberação de obras, que envolveram Geddel Vieira Lima, na época ministro-chefe da secretaria do governo Temer, e Marcelo Calero, hoje deputado federal e ex-ministro da Cultura.

O impedimento da construção do La Vue foi apontado por Calero como o principal motivo para a sua saída da Esplanada dos Ministérios em novembro de 2016. Segundo o ex-ministro da Cultura, ele sofreu pressão de Geddel para que o empreendimento imobiliário fosse autorizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Contatado por este Política Livre no final da tarde desta sexta-feira (20), o secretário de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) de Salvador, Sérgio Guanabara, informou que não tem nada licenciado para a retomada da construção.

Mateus Soares
Comentários