Foto: Divulgação
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia 23 de fevereiro de 2021 | 15:04

Professora da Uesb deseja morte dos filhos de pais ricos

bahia

A professora universitária Adriana de Abreu desejou, nas redes sociais, a morte dos filhos de famílias ricas. Ele leciona no departamento de Ciências Humanas e Letras da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Jequié.

“Se morresse bastante filho de rico, aí sim nivelaríamos de forma mais humana. Que morram então”, escreveu a educadora, em um fórum de discussões no Facebook na última quarta (10).

O comentário veio em resposta à uma publicação de uma jornalista que criticava a demora da volta às aulas no estado da Bahia. A profissional de comunicação também mencionou a pressão de sindicatos, cujo objetivo é manter suspensas as aulas presenciais.

“Eu queria mesmo que abrissem escolas para os filhos dos ricos e que os pais, sem noção, se livrassem da chateação que os filhos causam”, acrescentou Adriana, que apagou o comentário posteriormente.

Comentários