Foto: Alexandre Galvão/Arquivo
João Leão deve concorrer à Assembleia com o compromisso de ser eleito seu presidente pelo grupo petista 17 de maio de 2021 | 09:56

Em acordo com Wagner, Cacá sai a federal e Leão a estadual para presidir Assembleia em 2022

exclusivas

Do acordo pelo qual o PP ganhou mais uma secretaria no governo Rui Costa (PT) para garantir seu apoio à candidatura de Jaques Wagner (PT), em 2022, fez parte também o compromisso com a eleição do hoje vice e secretário de Planejamento, João Leão, a deputado estadual no próximo ano.

Leão se elegeria com um segundo compromisso já selado: o de ser eleito pela base do futuro governador presidente da Assembleia, sucedendo o deputado estadual Adolfo Menezes (PSD). Isso asseguraria uma reeleição tranquila a seu filho, o hoje deputado federal Cacá Leão. Leão ainda indicará o candidato a vice na chapa de Wagner.

Política Livre
Comentários