Foto: Vitor Santos
A ação oferece os serviços de inclusão e de atualização cadastral 09 de junho de 2021 | 17:45

Ao passar por quatro comunidades, CadÚnico Itinerante beneficia 700 famílias

salvador

Ao passar por quatro comunidades (Nova Esperança por dois dias, Fazenda Coutos / Projeto Piloto, Nova Constituinte e Saramandaia), o CadÚnico Itinerante, promovido pela Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), já atendeu a 700 famílias das respectivas localidades. A ação oferece os serviços de inclusão e de atualização cadastral dos benefícios sociais municipal, estadual e federal, como o Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, Tarifa Social de Água, Carteira do Idoso e Isenção de taxas para concursos públicos e Telefone Social.

E, conforme o gerente do Bolsa Família, Tiago Batista, presente no ato, após esse cadastro ou recadastramento é “feito um filtro para se avaliar em qual perfil o beneficiário se encaixa, que não se enquadra apenas ao Bolsa Família”.

Conforme ele, no rol estão ainda: Fies, Aposentadoria para segurado facultativo sem renda própria que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência, entre outros.

O secretário da Sempre, Kiki Bispo, alerta que 150 fichas são distribuídas diariamente. São necessários documentos de identificação com foto, CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento se houver filhos e contracheque ou holerite para comprovar renda.

“As nossas idas às comunidades já estão agendadas três vezes por semana até o final de julho para facilitar o acesso do serviço a essa parcela da população que mora em comunidades mais vulneráveis e até perdeu seus benefícios pela dificuldade de sair com a pandemia”, reforçou.

Esse foi o caso de Dona Sônia Maria dos Santos, 69 anos. “Eu achei ótima essa iniciativa dessa secretaria, da prefeitura, pois tenho dois filhos desempregados, estou passando necessidade, moro com minha mãe e ela que está arcando com todas as despesas desde que perdi há dois anos o Bolsa Família por não poder ir recadastrar e agora estou super esperançosa em voltar a recebe-lo e agradeço muito o que está acontecendo aqui hoje”, destacou.

Assim como ela, Eliane da Silva, 33 anos, também foi só agradecimentos. “Trata-se de um benefício muito bom, não apenas para mim, mas para toda comunidade que facilita nossas vidas, em especial nesse tempo de pandemia em que as coisas ficam a cada dia piores e, infelizmente, a população não respeita os critérios sanitários e aglomeram e ter esse serviço ao lado da nossa casa, eu mesmo que tenho filho, só tenho a agradecer e atualizar meus dados”, elencou.

Quem não conseguir utilizar o CadItinerante pode agendar pelas Prefeituras-Bairro, através do aplicativo Fala Cidadão, site Hora Marcada (horamarcada.salvador.ba.gov.br), ou Whatsapp – Assistente Virtual Jana (71) 98392-3927.

Comentários