Foto: Divulgação
Leilão de veículos em Morro do Chapéu 31 de agosto de 2021 | 19:19

Através de leilão, Morro do Chapéu arrecada recursos para os cofres públicos

interior

A Prefeitura de Morro do Chapéu leiloou ônibus, motos, cadeiras, carteiras, mesas, bebedouros, pá enchedeira e outros. O objetivo da iniciativa foi se desfazer de um grande material, sucateado por antigas gestões, sem utilidade, e angariar fundos para melhorar o equipamento administrativo.

É o caso de alguns veículos do início dos anos 2000 que, por falta de revisão e cuidados, acabaram tornando-se inviáveis para o trabalho da gestão pública, como uma moto Honda, ano 2001, que pôde ser adquirido através de um lance mínimo de R$ 800.

“No total, foram 33 veículos, duas máquinas e quatro lotes de sucata. Aproximadamente, 150 pessoas acompanharam o leilão e cerca de 35 arremataram tudo que estava disponível”, conta o leiloeiro oficial Adilson Guimarães Araújo, que atua em todo o Estado através da Juceb (Junta Comercial da Bahia).

Realizado na última sexta-feira (27), no Estádio Municipal Odilon Gomes da Rocha, o leilão arrecadou recursos que serão usados para adquirir veículos e materiais novos, além de investir em infraestrutura e serviços para o município.

O leiloeiro considerou que o leilão foi um grande sucesso. “Veio gente de Tocantins, Feira de Santana, Capim Grosso, Aracaju, Vitória da Conquista, Salvador, de vários lugares. Boa parte dessas pessoas são empresários que atuam no ramo de veículos usados, outros no ramo de sucata mesmo”, explicou.

Entre os bens postos à venda, o mais “valioso”, segundo ele, foi uma retroescavadeira. “Inclusive, estava sem motor, sem nada, totalmente ‘depenada’. Mesmo assim, acabou sendo arrematada por R$ 52 mil”, finalizou.

Comentários