Foto: Divulgação
Gesivaldo Britto 14 de outubro de 2021 | 11:38

Alvo da Operação Faroeste, ex-presidente do TJ-BA é aposentado por critério de idade

bahia

O ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, foi aposentado compulsoriamente por ter completado 75 anos de idade. Ele foi alvo na Operação Faroeste, que investiga suposta venda de sentenças no Oeste baiano, e está afastado de suas funções desde dezembro de 2019.

A aposentadoria contará com benefício proporcional ao salário de R$ 35 mil e demais benefícios do cargo. A informação foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira (14).

Comentários