Foto: João Cotta/Globo/Arquivo
O presidente Jair Bolsonaro em entrevista no Jornal Nacional 05 de agosto de 2022 | 16:20

Bolsonaro cede, e Globo confirma entrevista do presidente ao Jornal Nacional

brasil

A TV Globo confirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) será entrevistado pelo Jornal Nacional no próximo dia 22 no estúdio da emissora, no Rio de Janeiro.

O chefe do Executivo havia exigido que a entrevista fosse realizada no Palácio da Alvorada, e o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) chegou a afirmar nas redes sociais que a participação do mandatário estava confirmada e que ela aconteceria na residência oficial do presidente.

Em seguida, no entanto, a Globo negou que teria aceitado a exigência. Na manhã desta sexta-feira (5), a emissora publicou uma reportagem em seu site para afirmar que Bolsonaro aceitou comparecer ao estúdio do Jornal Nacional para a entrevista.

O argumento para que o presidente fosse entrevistado no Palácio da Alvorada era o de que os ex-presidentes Lula (PT) e Dilma Rousseff (PT) tiveram a mesma deferência quando disputaram a reeleição.

A Globo, porém, alegou que logo depois das eleições de 2014 definiu que todas as entrevistas em anos eleitorais seriam feitas em seus estúdios.

“A medida buscou demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições”, afirmou a emissora, acrescentando que o calendário de todas as entrevistas foi informado aos partidos em abril deste ano.

Inicialmente, a Globo informou que a assessoria de Bolsonaro disse que teria disposição em providenciar a participação do candidato no programa, desde que fosse gravada no palácio.

Agora, no entanto, a assessoria do mandatário teria esclarecido que não se tratava de uma exigência.

“Na manhã de sexta, a assessoria explicou que o email tinha apenas o objetivo de manifestar uma preferência, mas que o candidato não se recusava a ir ao Rio de Janeiro para a entrevista. Sendo assim, a Globo confirma a entrevista de Jair Bolsonaro no próximo dia 22 no Rio de Janeiro”, escreveu.

Presidenciáveis no JN

  • 22/8 (segunda) – Jair Bolsonaro
  • 24/8 (quarta) – Ciro Gomes
  • 25/8 (quinta) – Luiz Inácio Lula da Silva
  • 26/8 (sexta) – Simone Tebet

Matheus Teixeira/Folhapress
Comentários