Frase do dia

Você é um c*. Não bato em você porque você se apaixona por mim.

DEPUTADO JAIR BOLSONARO, PSC-RJ, PARA O DEPUTADO ALESSANDRO MOLON, REDE-RJ comentar

26 de setembro de 2016, 21:33

BRASIL Número de aposentadoria aumenta 16,5% no ano

Foto: EBC

O impacto das greves do INSS e a insegurança sobre o que virá com a reforma da Previdência levaram a um aumento nas concessões de aposentadoria. Segundo dados da Previdência Social, o número de benefícios no período de janeiro a agosto foi de 3,539 milhões – 16,5% superior ao de igual período do ano passado, quando o número chegou a 3,035 milhões. Somente em agosto, o número aumentou 87% ante o mesmo mês de 2015. Para especialistas, esse número representa, em parte, a pressa de quem teme trabalhar mais. Também entra nessa conta os pedidos do ano passado que ficaram atrasados por causa das greve dos peritos, entre setembro de 2015 e fevereiro de 2016, e dos servidores administrativos do INSS, de julho a setembro de 2015. O número ainda conta com corrida após a instituição da fórmula 85/95, segundo a qual a mulher poderia ter aposentadoria integral quando a soma do tempo de contribuição e da idade fosse 85 e o homem, 95. Segundo Jose Roberto Savoia, professor da Saint Paul Escola de Negócios e ex-secretário de Previdência Complementar, esse fenômeno é normal apesar de o governo ainda não ter batido o martelo sobre o que será proposto na reforma. “Aconteceu com a reforma em 1997 e em 2002. É um reflexo da ansiedade das pessoas em não saber como será”, explica.

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2016, 21:16

BRASIL MPF prepara ação de improbidade contra parlamentares investigados na Lava Jato

A força-tarefa da Operação Lava Jato pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o compartilhamento de informações de 13 inquéritos que tramitam na Corte contra parlamentares supostamente envolvidos no esquema de corrupção na Petrobras. A intenção do Ministério Público Federal é abrir inquéritos no âmbito civil para apurar a prática de improbidade administrativa pelos políticos.Constam na lista e devem ser alvo das ações os senadores Fernando Collor (PTC-AL), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Benedito Lira (PP-AL); o ex-ministro Paulo Bernardo; e os deputados Nelson Meurer (PP-PR), Aníbal Gomes (PMDB-CE), Arthur Lira (PP-AL) e Vander Loubet (PT-MS); e o ex-deputado João Pizzolatti (PP-SC).De acordo com os investigadores que conduzem o trabalho em Curitiba, é “impostergável” a apuração dos fatos para responsabilização civil dos parlamentares. A investigação civil – e não penal – de autoridades com foro privilegiado não precisa ser conduzida pelo STF. As penas na ação de improbidade administrativa incluem sanções civis e políticas: como a suspensão de direitos políticos, a perda de função pública, o pagamento de multas e o dever de ressarcir o erário no valor do dano causado.A força-tarefa solicitou o material ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que, por sua vez, fez o pedido ao relator da Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki.”No caso, o material probatório produzido é extremamente relevante, pertinente e necessário para possibilitar a instauração de apuração na esfera de responsabilização por ato de improbidade administrativa ao fim do enquadramento das condutas de agentes públicos e terceiros envolvidos, notadamente porque complementam e auxiliam na compreensão do complexo esquema de desvio de verbas públicas em detrimento da Petrobras” escreveu a força-tarefa. O compartilhamento foi autorizado por Teori e será feito diretamente pela PGR, que tem acesso aos documentos. Com a autorização judicial, os procuradores que lidam com o caso na Justiça de primeira instância podem aproveitar as provas – como quebras de sigilo bancário ou telefônico – já colhidas nas investigações que correm perante o STF.

Agência Brasil

26 de setembro de 2016, 21:01

BRASIL Oposição recorre à PGR com representação contra ministro da Justiça

Parlamentares da oposição entraram hoje (26) com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Os deputados e senadores do PT e do PCdoB pedem o afastamento cautelar do ministro por entenderem que Moraes violou o sigilo profissional do cargo.Na petição, os parlamentares acusam o ministro de ter conhecimento prévio sobre a 35ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada na manhã de hoje, quando o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil, Antonio Palocci, foi preso.Ontem (25), ao participar de um evento de campanha em Ribeirão Preto (SP) com o deputado federal e candidato a prefeito Duarte Nogueira (PSDB-SP), o ministro disse que haveria uma nova fase da Lava Jato nesta semana. A cidade é terra natal e berço político de Palocci.Durante uma conversa com um dos integrantes do Movimento Brasil Limpo (MBL), que pediam apoio às investigações da Lava Jato, o ministro disse:”Pode ficar sossegado. Apoio total à Lava Jato. Tanto que falam, falam, que quinta teve uma (fase) , sexta teve outra, essa semana vai ter mais. Podem ficar tranquilos.[...] Quando vocês virem esta semana, vocês vão lembrar de mim.”De acordo com a petição, as declarações do ministro causam “embaraço às investigações”.”A situação requer medidas de urgência, tanto com o fim de proteção da necessária imparcialidade que a operação exige quanto para evitar exploração eleitoral indevida, e acautelar a sociedade da repetição de condutas do ministro de Estado que, por si só, constituem crime de responsabilidade”, acrescentou o texto.O pedido foi assinado pelos senadores Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Ângela Portela (PP-RR), Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM), Fátima Bezerra (PT-RN), Jorge Vianna (PT-AC), José Pimentel (PT-CE), Paulo Paim (PT-RS), Regina Sousa (PT-PI) e Randolph Rodrigues (REDE-AP) e pelos deputados federais Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Afonso Florence (PT-BA).

Agência Brasil

26 de setembro de 2016, 20:46

BRASIL Gilmar Mendes diz não acreditar em vazamento da PF

Foto: Divulgação

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse hoje (26) acreditar que não houve vazamento de informações da Operação Lava Jato para o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Ele comparou as declarações do ministro à previsão de uma chuva Ontem (25), Moraes informou que nesta semana haveria uma nova fase da operação Lava Jato.”Não acredito que tenha havido vazamento. É possível que não tenha sido o gesto mais feliz, mas é como se alguém previsse que vai chover nesse período, que em geral chove, porque as operações [da Lava Jato] estão andando. A mim me parece que isso não tem grande relevo”, disse na capital paulista, após ministrar uma aula a alunos de ensino médio.Ontem, ao participar de um evento de campanha em Ribeirão Preto (interior paulista), com o deputado federal e candidato a prefeito Duarte Nogueira (PSDB-SP), o ministro Alexandre de Moraes disse que haveria uma nova fase da Lava Jato nesta semana. Hoje, a declaração do ministro se concretizou com a deflagração da 35ª fase da Operação Lava Jato, denominada Omertá.

Agência Brasil

26 de setembro de 2016, 20:29

SALVADOR Neto promete posto de saúde e banho de luz na Vila Canária

A construção de um posto de saúde e a melhoria da iluminação pública foram anunciadas pelo prefeito ACM Neto para a Vila Canária durante caminhada pelas ruas do bairro, no início da noite desta segunda-feira (26). “Vamos dar um banho de luz aqui na Vila Canária, onde as ruas já estão sendo asfaltadas, as praças estão sendo recuperadas e estamos construindo escadarias. Mas também vamos fazer um posto de saúde, realizando um velho sonho desta comunidade”, disse o candidato à reeleição pela coligação “Orgulho de Salvador”.Nas visitas que fez também ao Pernambués e Pau da Lima, ao lado do vice Bruno Reis, Neto comunicou ainda a ampliação do programa Morar Melhor, para reformar as casas das famílias mais carentes, e do Casa Legal, concedendo o direito de propriedade a mais famílias que já têm a posse do terreno onde moram. Caixa de um mercadinho no Pernambués, Rita Fernandes, 39 anos, elogiou a gestão de Neto. “Ele reformou praças, asfaltou ruas, deixou a coleta de lixo mais eficiente e tem reformado muitas casas com o Morar Melhor”. Para a vendedora Nice Serra, 31 anos, a revitalização das praças foi um grande feito de Neto, pois proporciona lazer à comunidade. “Outra grande realização de Neto são as obras nas encostas”, acrescentou. Dona de armarinho Solene Leão, 44 anos, destacou as melhorias no Pernambués, na iluminação, no asfalto, e principalmente a reforma do postos de saúde. A requalificação da praça da Vila Canária foi ressaltada pela baiana de acarajé Simone Caldas, 23 anos: “Ele está de parabéns pela nova praça”. O açougueiro Etelmário Andrade, 47 anos, afirmou que quem fala mal de Neto é quem não consegue ver a realidade.

26 de setembro de 2016, 20:16

BRASIL Temer prega futuro pacífico na Colômbia após acordo de paz com as Farc

O presidente Michel Temer parabenizou os colombianos pelo acordo histórico com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que será assinado hoje (26 à noite, após quatro anos de negociações. O evento, que ocorre em Cartagena das Índias, vai oficializar a paz entre a guerrilha e o governo colombiano depois de cinco décadas de conflitos armados.“O Brasil está com a Colômbia neste dia histórico em que se assina acordo de paz com as Farc. Renovamos nossa esperança em um futuro pacífico na nossa região e no mundo. Continuaremos a cooperar com nossos irmãos colombianos”, afirmou Temer em sua conta pessoal no Twitter.O conflito armado entre as Farc e o Exército colombiano, que já durava meio século, é considerado o mais antigo da América do Sul. Em seus anos de maior atuação, o grupo chegou a cometer sequestros, ataques e assassinatos para defender seus ideais, entre eles a reforma agrária e a criação de um Estado socialista.Líderes de diversos países foram convidados para o evento, entre eles o presidente brasileiro, que havia confirmado presença, mas decidiu semana passada não viajar ao país vizinho.

Agência Brasil

26 de setembro de 2016, 20:01

BRASIL Nogueira afirma que o Calabar representa resistência, luta e sonhos

Foto: Divulgação

O candidato à Prefeitura de Salvador do PSOL, o sociólogo Fábio Nogueira, realizou caminhada, na tarde desta segunda-feira (26), do Alto das Pombas até o bairro do Calabar,acompanhado por militantes, apoiadores e lideranças comunitárias. “No Calabar visitamos becos e vielas e ouvimos as pessoas em suas casas. A história do Calabar é de resistência, de lutas e de sonhos. Precisamos governar com o povo, com a maioria.O sub prefeito deve ser eleito pela população do bairro e não por indicação da Prefeitura, como ocorre atualmente”, destacou Nogueira.

26 de setembro de 2016, 19:46

BRASIL Relator de projeto que altera repatriação diz que Câmara manterá prazo de adesão

Atendendo a um pedido do governo, o relator na Câmara do projeto que flexibiliza as regras do programa de repatriação de recursos enviados ilegalmente ao exterior, deputado Alexandre Baldy (PTN-GO), desistiu de propor alteração do prazo de adesão ao programa em vigor (31 de outubro deste ano). Com a decisão, escritórios de advocacia e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) tentarão mudar a data no Senado, para onde a proposta seguirá após ser aprovada pelos deputados.O texto do projeto foi fechado nesta segunda-feira, 26, durante reunião entre Baldy, advogados, representantes da Febraban e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O encontro ocorreu na residência oficial da Presidência da Câmara, em Brasília. A ideia é apresentar o texto para os líderes partidários durante esta semana, para que o projeto possa ser votado no plenário da Casa na próxima semana, após o primeiro turno das eleições municipais.O relator queria estender o prazo de adesão do programa de repatriação para 16 de dezembro, sob o argumento de que os contribuintes precisam de mais tempo para se adaptar às novas regras do programa que serão votadas na Câmara. Em reunião nesse domingo, 25, porém, o presidente Michel Temer (PMDB) e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, se posicionaram contra a mudança. Os governadores, que receberão parte da arrecadação com repatriação, também eram contra a alteração do prazo.Pelo acordo, o texto do projeto que será votado na Câmara vai deixar claro que os 30% de Imposto de Renda e multa que serão cobrados para quem quiser regularizar os recursos enviados ilegalmente ao exterior serão cobrados apenas sobre o saldo do contribuinte existem em 31 de dezembro de 2014, e não sobre tudo o que foi enviado ilegalmente para o exterior ao longo do tempo, como diz a lei. Com isso, os contribuintes pagarão menos impostos.

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2016, 19:28

BRASIL Ministro do STF anula investigação contra deputado do PMDB

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou a invalidade de todos os atos investigatórios e das provas produzidas no curso da investigação sobre suposta prática de crime de compra de votos por parte do deputado Leo Coimbra (PMDB-ES) nas eleições de 2010. As informações foram divulgadas no site do Supremo nesta segunda-feira, 26. Segundo o decano da Corte, ficou configurado no caso usurpação da competência penal originária do Supremo, uma vez que Leo Coimbra já era deputado federal à época em que se instaurou a investigação. A decisão do ministro foi tomada no Inquérito 3071.O relator explicou que o Supremo, sendo o juiz natural dos membros do Congresso Nacional nos processos penais condenatórios é o único órgão judiciário competente para ordenar, no que se refere à apuração de supostos crimes eleitorais atribuídos a parlamentares federais, toda e qualquer providência necessária à obtenção de dados probatórios essenciais à demonstração da alegada prática delituosa.Celso de Mello ressaltou que o crime eleitoral em apuração é considerado crime comum, portanto cabe ao Supremo a supervisão dos atos investigatórios deflagrados contra parlamentares federais.O ministro destacou que o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), subordinado ao Tribunal Regional Eleitoral de Espírito Santo (TRE-ES), não poderia promover diligências de acareação e de busca e apreensão para apurar a suposta prática de crime por parte do deputado federal. “Foi precisamente por essa razão que o Plenário do Supremo Tribunal Federal, por mais de uma vez já reconheceu a invalidade do comportamento em que incidem órgãos estatais, como o Gabinete de Gestão Integrada do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, que promovem investigações penais contra autoridades com prerrogativa de foro perante esta Corte Suprema nas infrações penais comuns”, destacou.

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2016, 19:12

BRASIL Rui Falcão diz que 35ª fase da Lava Jato tem ‘caráter político’

Foto: Divulgação

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, classificou a 35ª fase da Operação Lava Jato, que culminou com a prisão do ex-ministro Antonio Palocci, e a declaração do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, como uma ação “de caráter político” que tem como objetivo atingir o PT às vésperas da eleição municipal e fechar o cerco em torno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.”Faz tempo que estamos dizendo que estas operações têm caráter político e seletivo. Cada vez mais vai se confirmando isso. Os objetivos são atacar o PT, fazer o cerco em torno do Lula e de uma forma seletiva”, disse Falcão.O dirigente, que acompanha o ex-presidente em uma viagem ao Rio, onde participarão de um ato em apoio à candidata do PCdoB à prefeitura, Jandira Feghali, chamou a nova fase da Lava Jato de “operação boca de urna 2″. Na semana passada, quando foi preso o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, Falcão e Lula haviam chamado a ação de “operação boca de urna”.”É mais uma operação boca de urna, boca de urna dois. Na semana da eleição, por causa de fatos que foram imputados a ele (Palocci) no passado, resolver prender hoje. A pedido da PF”, disse o dirigente petista.Segundo Falcão, tanto Palocci quanto Mantega foram presos de forma arbitrária. “Ele tem endereço fixo, profissão definida. Pode ser chamado para depor, não precisa prender. Ele nem sabe do que está sendo acusado concretamente”, afirmou.

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2016, 18:58

BRASIL Bancários e Fenaban voltam a negociar em busca de acordo

Foto: Divulgação

O Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) voltam à mesa de negociação nesta terça-feira, 27, às 14h, para tentar chegar a um acordo que coloque fim à greve dos bancários, que completou 21 dias nesta segunda-feira, 26. A informação é do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.”Na sexta-feira (23), enviamos carta à Fenaban reiterando nossa disposição para negociar com os bancos. Esperamos que eles voltem à mesa de negociação com uma proposta condizente com seus lucros. Já são 17 dias sem nova proposta e os trabalhadores e a população não podem ser prejudicados pela ganância dos banqueiros”, disse em nota a presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, Juvandia Moreira.Um balanço feito pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região mostra que 913 locais de trabalho, sendo 10 centros administrativos e 903 agências, fecharam nesta segunda-feira. Estima-se que mais de 32 mil trabalhadores participaram das paralisações.A data-base dos bancários é 1º de setembro. A categoria entregou pauta com as reivindicações no dia 9 de agosto e, após cinco rodadas de negociação com a Fenaban, não houve acordo para o índice de reajuste e demais reivindicações.No dia 30/8 os bancos apresentaram proposta com reajuste de 6,5% com R$ 3.000 de abono para os trabalhadores. A categoria rejeitou a proposta e a greve teve início no dia 6 de setembro. A segunda proposta aconteceu no último dia 9, com reajuste de 7% (com 2,39% de perda salarial) e abono de R$ 3.300, rejeitada na mesa de negociação. Nas outras duas reuniões, em 13 e 15 de setembro, não houve mudança na proposta. O sindicato dos bancários pede 14,78% de reajuste (alta real de 5%, considerando a inflação).Segundo apurou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, na última sexta-feira, do lado dos bancos, não há a expectativa de um impacto do acordo salarial com a classe que justifique a elevação dos guidances de despesas para o ano, segundo fontes. Ainda que o aumento fique acima do orçado pelas instituições, em torno dos 7%, explica um executivo, será compensado com corte de custos e também de funcionários. “Os bancos estão cada vez mais eficientes. Se aperta de um lado, sai do outro. Os bancos terão de desligar mais gente”, afirma um executivo.

26 de setembro de 2016, 18:50

SALVADOR Empreendedores do novo Mercado Dois de Julho participam do Sebraetec

Dando continuidade às ações do programa Território Empreendedor da Avenida Sete de Setembro, promovido pela Prefeitura, ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (26), no auditório do Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO), no Dois de Julho, um encontro promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com empresários da localidade para apresentar soluções tecnológicas e de inovação para pequenos negócios.Durante o encontro foi apresentada a proposta Sebraetec, programa que visa aproximar empreendedores dos prestadores de serviços com o intuito de fornecer soluções em tecnologia a pequenas empresas. São sete eixos de atuação dentro do programa, que englobam as áreas de design, inovação, propriedade intelectual, qualidade, produtividade, tecnologia da informação e sustentabilidade. De acordo com a consultora do Sebrae, Fernanda Vermelho, foi realizado um diagnóstico prévio por consultores especializados junto às empresas para identificar quais os aspectos que devem ser melhorados em cada uma delas. A proposta é que, através desta análise, os empresários possam obter soluções que ajudem a reduzir custos, melhorar os processos, alavancar a lucratividade, trabalhar o fortalecimento da marca empresarial e atrair clientes. Hoje, o encontro foi promovido para apresentar ferramentas que o Sebrae possui disponíveis para auxiliar em cada caso. O analista do setor de Acesso à Informação e Tecnologia, Eduardo Garrido, explicou que quando o empreendedor mostra o interesse em alguma ferramenta, o Sebraetec realiza uma concorrência com empresas que oferecem o serviço e a proposta com menor valor vence a disputa. A partir daí, o orçamento é apresentado ao empreendedor, que decidirá em realizar ou não o investimento. Através do programa, as empresas que optarem por realizar o investimento recebem uma contrapartida de até 70% do valor necessário para aquisição do serviço, arcando apenas com o valor o restante. Para participar do programa, tirar dúvidas ou obter mais informações, o empreendedor pode se dirigir à sede do Sebrae localizada na Avenida Sete de Setembro, entrar em contato através do telefone 0800 570 0800 ou acessar o site do sites.pr.sebrae.com.br/sebraetec.

26 de setembro de 2016, 18:36

SALVADOR Nova pesquisa Ibope em Salvador será divulgada dia 1º

A última pesquisa Ibope com as intenções de votos em Salvador será divulgada no próximo sábado (1), véspera das eleições. A TV Bahia contratou e registrou o levantamento neste domingo (25) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A consulta, registrada pelo número de identificação BA-02237/2016, fará a sondagem entre os dias 25/09 e 01/10, cuja abordagem será feita a 805 entrevistados. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada considerando um modelo de amostragem aleatório simples, é de 04 (quatro) pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

26 de setembro de 2016, 18:25

SALVADOR Alice quer criar o ‘Patra Salvador’ para incentivar autônomos

Foto: Divulgação

A candidata a prefeita de Salvador, Alice Portugal (PCdoB), tem entre suas prioridades tirar Salvador do posto de capital do desemprego. Diversas ações deverão ser implantadas por Alice quando prefeita na capital baiana, entre elas o Programa de Apoio ao Trabalhador Autônomo – Salvador (Patra Salvador). O Programa pretende aproximar os trabalhadores autônomos e informais, principalmente os de baixa renda, às oportunidades de trabalho em Salvador e desta forma ampliar o leque de serviços e o número de profissões oferecidas.Atualmente, existe um Patra gerido pela Secretaria Estadual de Trabalho, Renda e Esporte (Setre). Objetivo de Alice é implantar o Programa em Salvador e organizar por meio de um banco de dados grupos ocupacionais par prestação de serviços de todos os tipos: mecânicos, eletricistas, diaristas, soldadores, encanadores, dentre outros. Ainda conforme a candidata, o banco de dados também deverá estar disponível em um portal, o Portal Patra. “Salvador tem o maior índice de desempregos entre as capitais e não podemos permitir que essa situação permaneça. Com o Patra, iremos reduzir os níveis de desocupação destes trabalhadores”, explica Alice, acrescentando ainda que em sua gestão os ambulantes terão respeito e direito a trabalhar, sem sofrer repressão como ocorre com a atual gestão.

26 de setembro de 2016, 18:02

BAHIA Municípios baianos se destacam na produção agrícola

O plantio de algodão de São Desidério – maior produtor da fibra no País –, localizado no oeste baiano, garantiu ao município, pelo segundo ano consecutivo, a liderança no ranking dos municípios brasileiros com maior valor da produção agrícola em 2015. A produção agrícola individual de São Desidério, somando o valor total das colheitas, incluídos grãos e outros produtos, chegou a R$ 2,8 bilhões no ano passado, o que representou um aumento de 23,2% em relação à colheita de 2014.O algodão é responsável por 52,9% do valor produzido no município. Em seguida, vem a soja, com 39,6%, garantido a São Desidério a quarta posição na produção do grão no país. O dado faz parte da pesquisa anual Produção Agrícola Municipal – Culturas Temporárias e Permanentes elaborada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que investiga 63 produtos da agricultura nacional, com dados para Brasil, grandes regiões, estados e municípios. Esses números, que, junto com outros municípios baianos – como Formosa do Rio Preto, oitavo no ranking nacional, Barreiras (17º), Luís Eduardo Magalhães (20º), Correntina (26º) e Riachão das Neves (42º) –, colocam a região oeste da Bahia em destaque nacional são frutos de intensa ação do Estado na área, segundo o governador Rui Costa. Ele lembra que o oeste baiano, ao longo dos anos, vem expandindo sua fronteira agrícola e ocupando a liderança na produção nacional de grãos, seja com o aumento da área plantada, seja na modernização e no avanço tecnológico empregado nas lavouras.”Essa evolução é fruto do forte investimento em modernização e tecnologia empregados, proporcionando aumento de produtividade, além da vocação agropecuária que a região também possui. O Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura, vai continuar trabalhando em parceria com o setor produtivo para que, não só São Desidério, mas toda a Bahia continue se destacando no agronegócio”, disse o governador.